Cirurgia de Correção da Ginecomastia

Mama Masculina

Homens que desenvolveram tecido mamário excessivo, conhecido clinicamente como Ginecomastia, podem recorrer à cirurgia de correção da ginecomastia.

O que é Cirurgia de Correção da Ginecomastia?

A cirurgia de correção das mamas masculinas corrige uma condição denominada Ginecomastia, condição essa que deixa as mamas do homem com aparência feminina. Isso não é causado por gordura, mas sim por excesso de tecido mamário. A Ginecomastia não é algo incomum. Uma grande percentagem da população masculina sofre com excesso de tecido mamário, mais tipicamente crianças, adolescentes e homens mais velhos. Alternativamente, outros apresentam a pseudoginecomastia, uma condição que torna os homens predispostos a terem depósitos de gordura na área da axila ou peito. Isso é tipicamente mais aparente em homens que estão acima do peso.

A Ginecomastia não é uma condição séria, mas pode ser motivo de vergonha e perda de auto-estima. Em casos extremos, a Ginecomastia pode fazer as mamas caírem e as aréolas ficarem maiores. Ao remover o excesso de tecido com a Redução Mamária Masculina, os pacientes conquistam um peito mais definido e masculino, aumentando assim a auto-confiança.

Ginecomastia vs Pseudoginecomastia

Tanto a Ginecomastia quanto a Pseudoginecomastia resultam no aumento das mamas masculinas, mas as causas são diferentes.

Ginecomastia é uma abundância glandular de tecido mamário, enquanto a Pseudoginecomastia ocorre devido ao tecido adiposo ou depósitos de gordura na região.

Essa pequena distinção faz uma grande diferença na hora de escolher o método de tratamento. A Ginecomastia requer remoção cirúrgica para reduzir a quantidade de tecido mamário, enquanto a Pseudoginecomastia pode ser corrigida com dieta e exercícios e pode ser tratada com a Lipoaspiração. Homens podem apresentar uma destas condições ou uma combinação de ambas

Causas da Ginecomastia

Não existe um fator único que cause a Ginecomastia. Porém, a causa fundamental é uma perturbação no balanço natural entre a testosterona e o estrógeno. Portanto, a Ginecomastia ocorre tanto quando os níveis de testosterona estão baixos quanto os níveis de estrógenos estão altos.

Estrógeno

O estrógeno é um hormônio essencial nas mulheres que é responsável por mudanças físicas como o crescimento dos seios. Os homens também possuem estrógeno no corpo, mas em menor quantidade. Porém, às vezes os homens apresentam uma quantidade anormal de estrógeno que causa mudanças físicas como seios afeminados. Tipicamente, níveis altos de estrógeno não afetam a saúde.

Idade

À medida em que os homens envelhecem, seu nível de testosterona diminui. Da mesma forma como o estrógeno é responsável pelas mudanças físicas nas mulheres, a testosterona é responsável pelas mudanças corporais nos homens. Como a idade causa uma queda nos níveis de testosterona, o estrógeno se torna mais proeminente e pode gerar características femininas, como o desenvolvimento de seios.

Hipertireoidismo

A glândula tireóide tem uma função importante no corpo, controlando o metabolismo, produzindo hormônios e regulando os batimentos cardíacos. O Hipertireoidismo se refere à condição quando a glândula tireóide é ativa demais e produz mais hormônios do que o necessário. Isso pode levar à Ginecomastia causada pelo aumento de estrógeno. Doenças no fígado e nos rins também pode resultar na Ginecomastia.

Síndrome de Klinefelter

A constituição normal dos cromossomos é XX para as mulheres e XY para os homens. Apesar de raras, anormalidades nos cromossomos podem ocorrer como na Síndrome de Klinefelter, ou XXY. O cromossomo feminino extra pode não ter efeito nenhum no corpo, enquanto em outros casos pode causar enfraquecimento dos músculos, menos pêlos corporais e aumento dos seios.

Medicamentos

Alguns medicamentos comuns também podem causar o aumento do tecido mamário nos homens. Estes incluem: anti-estrógenos usados no tratamento de aumento de próstata ou câncer de próstata, esteróides anabolizantes (que pode causar Ginecomastia em fisiculturistas), medicações para a AIDS, medicamentos para a ansiedade, antidepressivos tricíclicos, alguns antibióticos, medicamentos para a úlcera, e medicamentos para o coração. Outras drogas que podem causar Ginecomastia são: maconha, heroína, anfetaminas, e álcool.

Níveis de Ginecomastia

A Ginecomastia pode ser categorizada em 3 níveis, sendo um deles, subdividido. Estes níveis são baseados na quantidade de tecido mamário, feminização das mamas, e severidade da condição.

Nível 1: Baixo – Pequena quantidade de tecido ao redor da aréola.
Nível 2: Moderado a Alto – Aumento moderado das mamas que passam dos limites da aréola, sem excesso de pele.
Nível 2A: Alto e Visível – Excesso de pele combinado ao aumento moderado da mama que passa dos limites da aréola.
Nível 3: Severo e Feminino – Aumento profundo das mamas com aparência feminina e excesso de pele.

Candidatos

A cirurgia de Redução Mamária Masculina é uma ótima opção para homens que procuram:

  • Corrigir a Ginecomastia;
  • Melhorar a aparência da região peitoral;
  • Remover o excesso de gordura no peito;
  • Melhorar a auto-confiança.

O paciente deve estar com boa saúde, e caso fumantes – ter a capacidade de parar de fumar por pelo menos um mês, e estar próximo ao peso ideal. Além disso, será preciso ter certeza que a Ginecomastia não está sendo causada por alguma problema médico mais sério.

É também importante ter expectativas realistas da cirurgia e seus resultados. Não há restrição de idade, mas o ideal é passar pela cirurgia quando o desenvolvimento das mamas estiver concluído.

No caso de adolescentes que precisam realizar a cirurgia de correção da ginecomastia, pode ser necessário ter que passar por mais de procedimento, já que as mamas continuarão a se desenvolver.

Consulta

Durante a sua consulta, você irá explicar a cirurgiã suas preocupações sobre seu problemas e os seus objetivos estéticos. Seu tórax será examinado, para descartar possibilidades alternativas como cistos ou lipomas. Será também determinado se você tem Ginecomastia ou Pseudoginecomastia.

Após sua condição ser confirmada através de exames e possíveis testes como a mamografia, você e sua cirurgiã irão determinar o melhor tratamento para promover os resultados desejados. É importante mencionar o seu histórico médico. Qualquer dúvida sobre o procedimento, você pode esclarecer durante a consulta.

Preparação para Cirurgia

Para atingir os melhores resultados, siga todas as instruções fornecidas durante a consulta. Isto inclui instruções gerais, assim como as personalizadas que irão beneficiar a você, especificamente. Algumas das instruções gerais incluem:

  • Combine com um familiar ou amigo para levá-lo para casa após a cirurgia;
  • Planeje o mínimo de 4 a 5 dias de folga no trabalho para garantir a sua recuperação;
  • Realize qualquer exame médico que sua cirurgiã solicite;
  • Não fume, beba, ou tome medicamentos anti-inflamatórios por, pelo menos, um mês antes da cirurgia;
  • Tenha um estoque de gaze e compressas frias em casa durante o seu repouso.

A Cirurgia de Correção da Ginecomastia

Após a anestesia, que em regra é local com sedação, sendo raramente necessária a anestesia geral, será realizada uma incisão ao redor da aréola do mamilo. Através desta incisão, a cirurgiã terá acesso ao tecido mamário. Neste momento, caso necessário, é realizada a Lipoaspiração para remover o excesso de gordura do peito. Isso ajuda a melhorar o contorno do peitoral após a cirurgia. A quantidade de tecido mamário e tecido adiposo são diferentes dependendo de cada paciente, e eles serão removidos cuidadosamente para garantir resultados naturais. As incisões serão então suturadas e curativos serão realizados. Uma malha de compressão será colocada ao redor do peito para manter o novo contorno e ajudar a reduzir o inchaço.

Recuperação e Resultados

O procedimento leva cerca de 2 a 4 horas, dependendo do caso específico e se você escolheu passar por um ou mais procedimentos adicionais. Para deixar o hospital, você deverá ter alguém para levá-lo para casa e ajudá-lo durante os primeiros dias. Você precisará limitar as suas atividades, cabendo a sua médica informar quando é possível retomar a sua rotina – a maioria dos pacientes já pode voltar ao trabalho em 5 -7 dias, mas irá levar entre 2 e 3 semanas para que você possa retomar atividades mais pesadas. Será prescrito medicamento para controlar qualquer dor e desconforto.

O paciente deverá usar uma malha de compressão por várias semanas. Após este período você já vai começar a ver os benefícios da Redução Mamária Masculina. Ainda que demore algumas semanas para que o inchaço suma completamente, você logo terá um peito com uma aparência masculina. Os resultados devem ser duradouros, desde que você mantenha uma alimentação saudável e pratique exercícios. Qualquer cicatriz é pequena e com o tempo fica praticamente imperceptível.

Onde a Dra. Kaísa Justo realiza a Cirurgia de Correção da Ginecomastia em Porto Alegre​

A Dra. Kaísa realiza o procedimento nos mais conceituados hospitais de Porto Alegre, oferecendo toda a infraestrutura necessária para um procedimento seguro e confortável à paciente.

Para agendar sua consulta com a Dra. Kaísa Justo, entre em contato através do link a seguir:
agendar consulta! Esclareça todas as suas dúvidas sobre o procedimento e entenda se é a melhor opção para você.

foto-dra-kaisa

Dra. Kaísa Justo

o que você vai saber:

• O que é Cirurgia de Correção da Ginecomastia?

• Ginecomastia vs Pseudoginecomastia

• Causas da Ginecomastia

• Níveis de Ginecomastia

• Candidatos

• Consulta

• Preparação para Cirurgia

• A Cirurgia de Correção da Ginecomastia

• Recuperação e Resultados

Veja outros procedimentos relacionados a

Cirurgias Masculinas

Contato e Agendamento

Tire suas dúvidas, agende uma consulta com a
Dra. Kaísa Justo!

Clique aqui

Converse com a Dra. Kaísa Justo!

Saiba mais sobre outros procedimentos​

Contorno Corporal

Clique aqui para acessar!

Cirurgias da Face

Clique aqui para acessar!

Cirurgias das Mamas

Clique aqui para acessar!

Endereço e Telefones

Trend Nova Carlos Gomes Offices
Av. Senador Tarso Dutra, 565 Sala 1601.
Bairro Petrópolis – Porto Alegre – RS

51+ 3330 6556   •  51+ 3061 3609  •  51+ 99988 0048